Arquivo da categoria: Cursos

Curso de História da Arte do Século XX

Curso de História da Arte do Século XX 

Estrutura Completa do Curso – clique aqui

O Colégio de Arquitetos – Centro de Estudos de Arquitetura e Fomento Cultural é uma associação sem fins lucrativos, onde consta no item 3° de seu estatuto: “Fomentar a arte e a cultura, em todas as suas formas de expressões”. Constam ainda em ata que desde o dia 09 de outubro de 2008, que o Colégio de Arquitetos passou a ser o sucessor e mantenedor do CECAP – Centro Cultural Antônio do Pinhal.
O Curso de História da Arte do Século XX.” que vem funcionando desde janeiro de 2009, com participação de profissionais da área do jornalismo, pedagogia, artes, teólogos e arquitetura.
São estudados os movimentos artísticos do Século XX, bem como os artistas que foram protagonistas dos movimentos, além de exercícios para a reprodução de trabalhos de artes que podem ser: desenhos, vídeos, músicas, textos ou artigos científicos sob a influência do movimento artístico objeto de estudo, produzindo materiais para a mídia em geral e para exposição no CECAP – Centro Cultural Antonio do Pinhal, em Mogi das Cruzes, São Paulo, e outros locais públicos ou privados mediante futuras parcerias.


Requisito Mínimo

O Requisito mínimo para a participação no Curso é ter 18 anos de idade. O Curso é aberto para qualquer pessoa que goste de ler, debater, pesquisar e produzir material para a divulgação dos resultados obtidos nos encontros.


Aprendizagem EAD e atividades obrigatórias

Será disponibilizado conteúdo básico nos sites: www.pinhal.org e www.colegiodearquitetos.com.br com aulas em EAD – Ensino à Distância para os alunos inscritos. É necessário que o aluno assista aos vídeos para o desenvolvimento dos trabalhos que serão passados como exercícios.

 


Início do Curso: Imediato após confirmação da inscrição.


FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO:

Nome Completo

RG

CPF

Data de Nascimento

Endereço Completo

CEP

Bairro

Cidade

Estado

Telefone

Celular

E-mail

captcha



CONTEÚDO

Módulo 1 – Conteúdo básico:
Clique aqui para acessar os conteúdos do Curso de História da Arte do Século XX

 

 

 

 

A senha será encaminhada via e-mail para acessar as páginas do curso.

Conheça os Museus de Arte pelo mundo:
http://www.colegiodearquitetos.com.br/museus-de-artes-mundo/


INFORMAÇÕES:

Rua Boa Vista, 108 – Centro – Mogi das Cruzes – São Paulo
Telefones
(11) 2819 3776
(11) 4726 1336
Email: cda@colegiodearquitetos.com.br

Croquis na arquitetura

Croquis na arquitetura

Croqui é o primeiro esboço de um projeto arquitetônico. Um croquis (palavra francesa eventualmente aportuguesada como croqui ou traduzida como esboço ou rascunho) costuma se caracterizar como um desenho de arquitetura, moda ou um esboço qualquer.

Um croqui, portanto, não exige grande precisão, refinamento gráfico ou mesmo cuidados com sua preservação, diferente de desenhos finalizados. Costuma ser realizado em intervalos de tempo relativamente curtos, como períodos de 10 a 15 minutos. O que costuma ser mais importante no croquis é o registro gráfico de uma ideia instantânea, através de uma técnica de desenho rápida e descompromissada.


Curso de Croqui no CDA

Com o Arquiteto e Professor Paulo Pinhal.

CARGA HORÁRIA: 08 HORAS
Curso com certificado

AGOSTO 2018 – Sábado
Dia: 25 de agosto de 2018
Horário: 08h30 as 17h30


CONTEÚDO

  • Desenhando com o lado Direito do Cérebro;
  • Rafes e Coordenação Motora;
  • Noções de  perspectivas paralelas – Isométrica;
  • Noções de perspectivas paralelas – Cavaleira;
  • Noções de perspectivas paralelas – Militar;
  • Noções de perspectivas cônica com um ponto de fuga;
  • Noções de perspectivas cônica com dois pontos de fuga;
  • Desenhando com perspectivas cônicas pelo processo dos arquitetos;
  • Sketching e intervenção.

Todo o conteúdo acima é aplicado com o processo criativo, isto é, o aluno deverá desenvolver projetos cujo tema será passado no início da aula e ele deverá apresentar sua ideia utilizando a técnica aprendida.

MATERIAIS NECESSÁRIOS
– Folhas de papel A4;
– Folhas de papel manteiga;
– Lápis (2 grafites diferentes) sugestão: 6B e HB ou Integral;
– Borracha.


INVESTIMENTO

O valor do investimento para o Curso de Croqui é de:

R$ 50,00 (Cinquenta reais) para os primeiros 10 alunos e

R$ 100,00 (Cem reais)  a partir do 11 aluno inscrito.

Inscrições pelo PagSeguro, por depósito ou diretamente em nossa sede. O comprovante de pagamento é a garantia da vaga do curso.

Clique para a inscrição:





INFORMAÇÕES E DÚVIDAS:
Rua Boa Vista, 117 – Centro – Mogi das Cruzes – São Paulo
Telefones
(11) 2819 3776
(11) 9 7371-0471 (Whatsapp)
Email: cda@colegiodearquitetos.com.br

Museus de artes do mundo

Museus de artes do mundo

Visite virtualmente alguns dos principais Museus de Artes do mundo.

Este conteúdo faz parte do nosso Curso de História da Arte do Século XX .


MASP – São Paulo

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (mais conhecido pelo acrônimo MASP) é uma das mais importantes instituições culturais brasileiras. Localiza-se, desde 7 de novembro de 1968, na Avenida Paulista, cidade de São Paulo, em um edifício projetado pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi para ser sua sede.

Clique na imagem para entrar no MASP

MASP


MAM – Rio de Janeiro

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio) é uma das mais importantes instituições culturais do Brasil. Localiza-se na cidade do Rio de Janeiro, no Parque do Flamengo. Palco de diversos acontecimentos de grande relevância na vanguarda artística brasileira, o museu amealhou ao longo de sua história uma coleção de arte moderna altamente representativa – a maior parte, entretanto, perdida no trágico incêndio de 1978. Conserva hoje aproximadamente 11 mil objetos, grande parte proveniente da Coleção Gilberto Chateaubriand, depositada em regime de comodato no museu em 1993.

Clique na imagem para entrar no Museu.


MAM – SÃO PAULO

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) é uma das mais importantes instituições culturais do Brasil. Localiza-se sob a marquise do Parque Ibirapuera, em São Paulo, em um edifício inserido no conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer em 1954 e reformado por Lina Bo Bardi em 1982 para abrigar o museu.

O museu foi fundado por Francisco Matarazzo Sobrinho, dito Ciccillo Matarazzo, em 1948, concomitante ao surgimento do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, ambos inspirados pelo Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA) e frutos do ambiente de grande efervescência cultural e progresso socioeconômico que caracterizou o Brasil na década de 1940.

Clique na imagem para conhecer o MAM São Paulo


MoMA – New York

O Museu de Arte Moderna (Museum of Modern Art), mais conhecido como MoMA, é um museu da cidade de New York, fundado no ano de 1929 como uma instituição educacional. Atualmente é um dos mais famosos e importantes museus de arte moderna do mundo.

Clique na imagem para conhecer o MoMA

 

 

 

 

 


Museu do Picasso em Barcelona

O Museu Picasso tem mais de 3.500 trabalhos de Pablo Picasso. São pinturas, desenhos, esculturas e cerâmicas que vão desde seus primeiros esboços, feitos quando ainda era garoto, até algumas de suas mais importantes peças cubistas. Com eles, você terá uma boa noção da vida do artista e da evolução de seu talento. O museu atrai não só os entusiastas da arte como também as crianças, graças às coloridas exposições dos esboços da infância de Picasso.

Clique na imagem para conhecer o Museu do Picasso


Fundação Guggenheim – New York – Veneza e Bilbao

A Fundação Solomon R. Guggenheim é uma fundação criada em 1937 pelo filantropo Solomon Robert Guggenheim e pela artista Hilla von Rebay. É conhecida por ser a detentora de uma série de museus internacionais:

  • o Museu Solomon R. Guggenheim, em New York;
  • a Coleção Peggy Guggenheim, em Veneza;
  • o Museu Guggenheim Bilbao, em Bilbao, Espanha;
  • o Deutsche Guggenheim, em Berlim (construída em cooperação com Deutsche Bank);
  • o Guggenheim Las Vegas e o Guggenheim Hermitage, em Las Vegas.

Os museus exibem a arte moderna e a pós-moderna, mas algumas filiais exibem também a arte comercial. Além disso, diversas filiais do Guggenheim são famosas por sua arquitetura distinta, como, por exemplo, os edifícios do Museu Solomon R. Guggenheim (de Frank Lloyd Wright), o Museu Guggenheim Bilbao (de Frank Gehry) e o Guggenheim Las Vegas (de Rem Koolhaas). A fundação desenvolveu a reputação de empregar arquitetos famosos e construir edifícios de realce. Entretanto, críticas são feitas quanto a esse ponto, pois muitas vezes os edifícios dos museus são mais famosos e conhecidos que os trabalhos artísticos que estão neles expostos.

Clique nas imagens para conhecer:


PINACOTECA  DE SÃO PAULO

A Pinacoteca do Estado de São Paulo é um dos mais importantes museus de arte do Brasil. Ocupa um edifício construído em 1900, no Jardim da Luz, centro de São Paulo, projetado por Ramos de Azevedo e Domiziano Rossi para ser a sede do Liceu de Artes e Ofícios. É o mais antigo museu de arte de São Paulo, fundado em 1905 e regulamentado como museu público estadual desde 1911.

Clique para conhecer a Pinacoteca de São Paulo.


Teatro Museu  DALÍ –  Barcelona

Teatro-Museu Dalí é um museu especialmente dedicado a Salvador Dalí, localiza-se em sua cidade natal, Figueres, Catalunha.

O atual museu era um antigo teatro da cidade de Dalí quando criança, e onde suas primeiras exibições públicas foram realizadas. O antigo teatro foi bombardeado na Guerra Civil Espanhola e permaneceu em estado de ruína por décadas até Dalí e o prefeito de Figueres decidirem reconstrui-lo, em 1960.

 

 

 

 

 

 


Inhotim

O Instituto Inhotim, localizado em Brumadinho a 60 quilômetros de Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, a terceira maior região metropolitana do Brasil. Com uma área de 110 hectares de visitação composta por floresta e jardim botânico, o Inhotim possui uma coleção de arte internacionalmente reconhecida.

 Clique na imagem para conhecer Inhotim

Centre Georges Pompidou

Os parisienses não dizem Centre Georges Pompidou e sim BeaubourgVamos ao Beaubourg?

O Beaubourg é um espaço polivalente composto por um museu com uma das maiores coleções de arte moderna e contemporânea do mundo; uma biblioteca que foi uma das primeiras bibliotecas abertas à todos, sem nenhuma forma de seleção para a consulta do acervo e espaços dedicados à musica e ao cinema.

O Centre George Pompidou sempre foi considerado como um dos monumentos mais democráticos de Paris. E ainda abriga ótimas exposições temporárias.


Visita Técnica – Belo Horizonte -Inhotim- Ouro Preto

Visita Técnica – Belo Horizonte -Inhotim- Ouro Preto

O CDA vem promovendo Visitas Técnicas com o objetivo de proporcionar tanto para o estudante bem como para profissionais da área de arquitetura e simpatizantes, oportunidade de conhecer locais de representação arquitetônica.

O que difere a Visita Técnica de uma excursão são as informações técnicas que são passada pelos professores e monitores que acompanham, fazendo com que o participante aprenda sobre questões arquitetônicas, históricas e paisagísticas da região.

Veja as cidades que visitaremos:

Ouro Preto  

A origem de Ouro Preto está no arraial do Padre Faria, fundado pelo bandeirante Antônio Dias de Oliveira, pelo Padre João de Faria Fialho e pelo Coronel Tomás Lopes de Camargo e um irmão deste, por volta de 1698.

Pela junção desses vários arraiais, tornando-se sede de conselho, foi elevada à categoria de vila em 1711 com o nome de Vila Rica. Em 1720 foi escolhida para capital da nova capitania de Minas Gerais. Em 1823, após a Independência do Brasil, Vila Rica recebeu o título de Imperial Cidade, conferido por D. Pedro I do Brasil, tornando-se oficialmente capital da então província das Minas Gerais e passando a ser designada como Imperial Cidade de Ouro Preto. Em 1839 foi criada a Escola de Farmácia e em 1876 a Escola de Minas. Foi sede do movimento revolucionário conhecido como Inconfidência Mineira. Foi a capital da província e mais tarde do estado, até 1897. A antiga capital de Minas conservou grande parte de seus monumentos coloniais e em 1933 foi elevada a Patrimônio Nacional, sendo, cinco anos depois, tombada pela instituição que hoje é o IPHAN. Em 5 de setembro de 1980, na quarta sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da UNESCO, realizada em Paris, Ouro Preto foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade.


Inhotim

Instituto Inhotim é a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil e considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina Está localizado em Brumadinho (Minas Gerais), uma cidade com 38 mil habitantes, a apenas 60 quilômetros de Belo Horizonte.


Belo Horizonte

As montanhas e o verde dos parques convivem num clima de perfeita harmonia com os inúmeros edifícios. Essa é uma das descrições mais comuns de quem observa os detalhes paisagísticos de Belo Horizonte, conhecida por receber bem os turistas e aconchegar seus moradores durante os 365 dias do ano.

A cidade começou a se desenhar a partir do século XIX com um projeto moderno para ser a nova capital de Minas. O objetivo era fazer um modelo contemporâneo e eclético que, ao mesmo tempo, tivesse toques dos estilos neoclássico, neo-românicos e neogóticos.

Programação das Visitas

Saída dia 14 de novembro de 2018 de Mogi as 22:00
Retorno dia 18 de novembro de 2018
as 11:00
Roteiro.
Dia 15 de novembro
BH – Complexo da Pampulha e Praça da Liberdade
Dia 16 de novembro
Inhotim
Dia 17 de Novembro
Ouro Preto
Igreja São Francisco de Assis, Matriz Nossa Senhora do Pilar, Casa dos Contos, Museu da Inconfidência.
18 de Novembro

Mercado Central de Belo Horizonte


Pacotes e responsável pela  Viagem:
Kleber Mansur Viagens
Ônibus Leito.
Hospedagens em apto duplo casal ou solteiro
Valor: R$ 890,00 parcelados em até 4 vezes, sem juros.
Contato:

Kleber Mansur – Tel. 9 7298-4000


O CDA responde somente pelo conteúdo da visita técnica.

Promob Básico – 8 horas

O mercado de móveis planejados brasileiros já adotou como principal ferramenta para a apresentação de seus produtos o software Promob.  Desenvolvido pela Promob Software Solutions é referência no país no desenvolvimento de softwares para o setor moveleiro com soluções que integram diversas áreas do segmento, desde a fabricação até a gestão de vendas.

Curso Básico

Atendendo a pedidos de nossos alunos e parceiros da área de Móveis Planejados que sente a carência de projetistas preparados para a utilização dos software, o CDA incluiu para suas atividades o Curso Básico de Promob, com curso voltado para Arquitetura de Interiores.
É necessário baixar o programa  de treinamento (try) diretamente da página oficial do Promob.

Veja Exemplos do Promob:

probom american-walnut-bedroom-furniture-uk


certificadoProfessor
Paulo Pinhal

Curso com Certificado


VALOR DE INVESTIMENTO

Valor do Curso é de R$ 330,00 e pode ser pago em parcelas via pagseguro.

A inscrição só é confirmada com o comprovante de pagamento.


DATAS DISPONÍVEIS

SETEMBRO 2018
Dia: 15 de Setembro de 2018
Horário:
08h30 as 17h30


Solicitamos assim que fizer o pagamento da inscrição mandar um  Whatsapp -(11) 9 7371-0471 , dizendo qual a turma de preferência.


Clique no botão para fazer a inscrição.




IMPORTANTE:
inscrições de véspera de curso, ficará para a próxima turma.


Clique para acessar os Conteúdos do Promob .


Local: Rua Boa Vista, 108 – Centro – Mogi das Cruzes – SP

INFORMAÇÕES

* Disponibilizamos computadores para até 4 alunos. Acima deste número o aluno deverá trazer o computador e mouse com o programa instalado.  ( Não instalamos softwares).

** Disponibilizamos coffee break no período do curso.

***Caso não atinja o número mínimo de alunos, a data poderá ser alterada.


Cancelamento
* Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, nos informe pelo menos 05 dias de antecedência ao curso;
** Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, após pagamento, será retido 20% do valor do curso referente as taxas operacionais para devolução. O ressarcimento acontecerá no dia 10 do mês subsequente da confirmação de cancelamento e será realizado por transferência bancária.
Certificado
*Deve ser solicitado pelo aluno (com prazo de até 90 dias após o término do curso) pelo site http://www.colegiodearquitetos.com.br/certificado/, assim encaminharemos a via Digital.

ENTRE EM CONTATO

Rua Boa Vista, 108 – Centro – Mogi das Cruzes – São Paulo
Telefones
(11) 2819 3776
(11) 9 7371-0471 – Whatsapp
Email: cda@colegiodearquitetos.com.br

Revit (BIM) Intensivo de 8 horas

Curso de Revit Intensivo

O software Revit foi desenvolvido especificamente para a Modelagem de Informação da Construção (BIM), possibilitando que os profissionais de projeto e construção levem suas ideias da concepção até a elaboração, com uma abordagem por modelos coordenada e consistente. O Revit é um aplicativo individual que inclui recursos para projeto arquitetônico, construção e de engenharia estrutural e de instalações . No Curso do CDA o Revit é voltado para projeto arquitetônico, onde possibilita a criação de um projeto e a partir dele extrair plantas, cortes, elevações, etc; além de possibilitar a renderização, montagem de pranchas e formas de apresentação.


certificadoProfessores
Paulo Pinhal / Lucas Fonseca

Curso com Certificado


 NOVO FORMATO – 08 horas presenciais 

duvida

O CDA vem oferecendo vários cursos presenciais desde 2006 e o nosso método de ensino tem se mostrado eficiente nos mais de 2000 alunos que já passaram pelo CDA.

O objetivo principal do Curso de Revit Intensivo é fazer com que o aluno tenha domínio da arquitetura do software e possa desenvolver todas as peças gráficas que o mercado em geral utiliza. O aluno consegue aprender em 8 horas.

O amadurecimento e as habilidades aumentarão com os exercícios que são passados para os alunos. Quanto mais tempo o aluno ficar no software, mais conhecimento e destreza ele terá. Eventuais dúvidas são esclarecidas via e-mail do CDA.


DATAS DISPONÍVEIS

SETEMBRO 2018
Dia: 
22 de Setembro de 2018
Horário: 08h30 as 17h30


VALOR DE INVESTIMENTO

 O valor do  Curso é de R$ 330,00 .
A inscrição é confirmada com o comprovante de pagamento.

Clique no botão do pagseguro para a inscrição:




IMPORTANTE:
inscrições de véspera de curso, ficará para a próxima turma.


Vagas limitadas. Trabalhamos com no máximo 06 alunos.

LOCALIZAÇÃO

Rua Boa Vista,  84  e 108,  Centro de Mogi das Cruzes.

800 metros da Estação Mogi da CPTM.


* Disponibilizamos computadores para até 04 alunos. Acima deste número o aluno deverá trazer o computador e mouse com o programa instalado.  (Não instalamos softwares).

** Disponibilizamos coffee break no período do curso.

*** Caso não atinja o número mínimo de alunos, a data poderá ser alterada.


Cancelamento
* Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, nos informe pelo menos 05 dias de antecedência ao curso;
** Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, após pagamento, será retido 20% do valor do curso referente as taxas operacionais para devolução. O ressarcimento acontecerá no dia 10 do mês subsequente da confirmação de cancelamento e será realizado por transferência bancária.
Certificado
*Deve ser solicitado pelo aluno (com prazo de até 90 dias após o término do curso) pelo site http://www.colegiodearquitetos.com.br/certificado/, assim encaminharemos a via Digital.

DÚVIDAS – ENTRE EM CONTATO

Rua Boa Vista, 108 – Centro – Mogi das Cruzes – São Paulo
Telefones
(11) 2819 3776
(11) 9 7371-0471 – Whatsapp
Email: cda@colegiodearquitetos.com.br

SketchUp Intensivo

SketchUp Intensivo

O SketchUp Intensivo é uma maneira de transmitir as idéias arquitetônicas  de modo compreensível para os interessados por meio de desenhos tridimensionais, com imagens estáticas ou mesmo com passeios virtuais já fazem parte do nosso dia a dia.

Traduzir a ideia para o tridimensional, selecionar as imagens e saber apresenta-las para os clientes tem sido um desafio individual de cada profissional. Assim sendo o Arquiteto e Urbanista e Professor Paulo Pinhal, já ministrou para  centenas de alunos profissionais arquitetos, engenheiros e técnicos em edificações os cursos de SketchUp, que é um software simples de produzir projetos tridimensionais.

Dentro de uma filosofia de capacitar o profissional arquiteto para a aplicação do software no dia a dia de maneira rápida, o Professor Pinhal, vem desenvolvendo formatos diferentes do curso visando um melhor aproveitamento das informações passadas, bem como sua aplicação imediata, que contribui para a melhora da qualidade dos serviços executados pelos profissionais.

Não reservamos vagas. Faça sua inscrição o mais breve possível.


certificadoProfessores
Paulo Pinhal / Lucas Fonseca

Curso com Certificado


INVESTIMENTO

 O investimento é de R$ 330,00 (Trezentos e trinta reais) que pode ser pago em parcelas pelo Pagseguro.

A inscrição é confirmada com o comprovante de pagamento.


DATAS DISPONÍVEIS


SETEMBRO 2018
Dia: 08 de Setembro de 2018
Horário: 8h30 as 17h30


Local:  Rua Boa Vista,  84  e 108,  Centro, Mogi das Cruzes, São Paulo.


 


Clique no botão para fazer a inscrição.





IMPORTANTE:
inscrições de véspera de curso, ficará para a próxima turma.


* Disponibilizamos computadores para até 04 alunos. Acima deste número o aluno deverá trazer o computador e mouse com o programa instalado.  ( Não instalamos softwares).

** Disponibilizamos coffee break no período do curso.

**Caso não atinja o número mínimo de alunos, a data poderá ser alterada.


Cancelamento
* Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, nos informe pelo menos 05 dias de antecedência ao curso;
** Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, após pagamento, será retido 20% do valor do curso referente as taxas operacionais para devolução. O ressarcimento acontecerá no dia 10 do mês subsequente da confirmação de cancelamento e será realizado por transferência bancária.
Certificado
*Deve ser solicitado pelo aluno (com prazo de até 90 dias após o término do curso) pelo site http://www.colegiodearquitetos.com.br/certificado/, assim encaminharemos a via Digital.

ENTRE EM CONTATO

Rua Boa Vista, 108 – Centro – Mogi das Cruzes – São Paulo
Telefones
(11) 2819 3776
(11) 4726 1336
(11) 9 7371-0471 – Whatsapp
Email: cda@colegiodearquitetos.com.br

Humanização em Plantas

O Curso de Planta Humanizada no CorelDRAW tem objetivo de ensinar uma ferramenta que facilita na venda de Projetos Arquitetônicos.

O Software CorelDRAW, é uma ferramenta gráfica que auxilia nas apresentações e montagens de desenhos gráficos para impressão quer seja um catálogo, revista, banners etc.

A Planta Humanizada no CorelDRAW ajuda na venda de projetos, pois grande parte da população consegue entender os desenhos de plantas ou fachadas feita pelo software.
O Curso do Colégio de Arquitetos apresenta de maneira simples e profissional como utilizar esta ferramenta em  04 horas.

Local do Curso :

Rua Boa Vista, 84 , centro , Mogi das Cruzes.


certificadoProfessor
Paulo Pinhal

Curso com Certificado


Conteúdo:

Introdução ao Corel Draw,  compreendendo o entendimento da arquitetura do software e suas principais ferramentas para a utilização em Plantas Humanizadas. Acompanha 2 apostilas digitais, uma sobre o Corel e suas principais ferramentas e outra sobre humanização de projetos.

Exercícios práticos, importando arquivo do AutoCad e aplicação das ferramentas aprendidas e macetes de rotina de escritório que fazem com que o aluno termine o curso produzindo material satisfatório.


Planta Humanizada – 04 horas presenciais

 

EM BREVE NOVAS TURMAS.

Investimento : 

O valor do investimento é de R$ 200,00 e a inscrição acontece mediante comprovante do pagamento via Pagseguro, que pode ser pagos em parcelas ou com 10% de descontos para os pagamentos a vista.  Clique no botão Pagseguro para fazer a inscrição.




Assim que fizer a inscrição, mandar e-mail para cda@colegiodearquitetos.com.br com nome, endereço, RG e CPF dos alunos que participam do grupo para a confecção dos certificado

INFORMAÇÕES

*O aluno deverá trazer computador e mouse para melhor aproveitamento do curso.

**Caso não atinja o número mínimo de alunos, a data poderá ser alterada.


Cancelamento

* Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, nos informe pelo menos 05 dias de antecedência ao curso;
** Em caso de cancelamento da inscrição por parte do aluno, após pagamento, será retido 20% do valor do curso referente as taxas operacionais para devolução. O ressarcimento acontecerá no dia 10 do mês subsequente da confirmação de cancelamento e será realizado por transferência bancária.
Certificado
*Será entregue no final do Curso

ENTRE EM CONTATO

Rua Boa Vista, 108– Centro – Mogi das Cruzes – São Paulo
Telefones
(11) 2819 3776
(11) 4726 1336 – Atendimento e recados.
(11) 9 7371-0471 – Whatsapp

Em implantação na unidade da Av. Paulista

(11) 3192 – 3968
Email: cda@colegiodearquitetos.com.br

Aula 04 – Cubismo

Cubismo – O Cubismo é um movimento artístico que ocorreu entre 1907 e 1914, tendo como principais fundadores Pablo Picasso e Georges Braque. O Cubismo tratava as formas da natureza por meio de figuras geométricas, representando todas as partes de um objeto no mesmo plano. A representação do mundo passava a não ter nenhum compromisso com a aparência real das coisas.

O quadro“Les demoisellers d’Avignon” (ou “As Senhoritas de Avignon”, em português), de 1907, autoria de Picasso, é considerado o marco inicial deste movimento inovador.

De modo geral, o cubismo é marcado pela representação de figuras da natureza a partir do uso de formas geométricas, promovendo a fragmentação e decomposição dos planos e perspectivas. O artista cubista deixa de ter o compromisso em utilizar a aparência real das coisas, como acontecia durante o Renascimento.

A arte cubista é considerada uma “arte mental”, onde cada aspecto da obra deve ser analisado e estudado de modo individual.

Cubos, cilindros e esferas são algumas das formas usuais no cubismo, que se distingue da arte abstrata pelo uso concreto de todas as formas.

Além de Picasso e Braque, outros artistas que ficaram imortalizados como ícones desta vanguarda são Juan Gris (1887 – 1927) e Fernand Léger (1881 – 1955).

Fases do Cubismo

O movimento cubista ficou marcado por três fases: o cubismo cézanniano (1907 – 1909), cubismo analítico (1910 – 1912) e o cubismo sintético (1913 – 1914).

Cubismo Cézanniano

As obras de Paul Cézanne serviram de inspiração para a consolidação do cubismo.

Também conhecido por “cubismo pré-analítico”, esta é considerada a fase inicial do cubismo (1907 – 1909), onde a principal base era o trabalho de Cézanne, com forte influência da arte africana e devido ao uso de formas simplificadas.

Cubismo Analítico

É tido como o “cubismo puro” e de difícil interpretação, onde as figuras são decompostas, através do uso de diversas formas geométricas.

As obras permeiam os tons monocromáticos, com predominância do verde, marrom e cinza.

Cubismo Sintético

A grande característica desta fase foi a introdução da técnica de colagem para reconstruir as imagens que outrora eram decompostas.

Ao contrário do cubismo analítico, nesta etapa as imagens passam a manter a sua fisionomia, mas de modo reduzido, apresentando apenas o que for essencial para o seu reconhecimento.

Características do Cubismo

Entre algumas das principais características do cubismo, destaca-se:

  • Utilização de formas e volumes geométricos;
  • Decomposição das imagens em formas geométricas;
  • Reconstrução das imagens através do uso de colagens;
  • Renúncia do uso das perspectivas, principalmente as tridimensionais;
  • Cores fechadas (predominância do branco, preto, cinza, marrom e ocre);
  • Pintura escultórica;
Cubismo no Brasil

No Brasil, as primeiras manifestações do cubismo surgiram após a Semana de Arte Moderna de 1922.

Nenhum artista brasileiro utilizou a essencial pura e bruta do cubismo europeu, no entanto, algumas das características deste movimento foram adotadas por Tarsila do Amaral (1886 – 1973), Anita Malfatti (1889 – 1964), Rego Monteiro (1899 – 1970) e Di Cavalcanti (1897 – 1976).

Cubismo na Literatura

A vanguarda cubista também atingiu outros ramos artísticos, como a literatura.

Neste caso, o cubismo literário focava-se na ideia da “destruição” da sintaxe. Os versos eram fragmentados e descontínuos, ou seja, não há uma linearidade na história narrada.

Um dos principais nomes deste movimento literário foi o poeta francês Guillaume Apollinaire (1880 – 1918).

Clique para conhecer:

01. Cubismo

02. Tratado sobre Cubismo

03. Cubismo 02

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que é o movimento Cubista, qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência do Cubismo nas artes?

3. Por que o movimento se chama Cubismo?

4. Quais os principais representantes do movimento Cubista?

5. Quanto tempo durou o movimento Cubista?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art

 

Aula 03 – Expressionismo

Expressionismo  Denominam-se genericamente expressionistas os vários movimentos de vanguarda do fim do século XIX e início do século XX que estavam mais interessados na interiorização da criação artística do que em sua exteriorização, projetando na obra de arte uma reflexão individual e subjetiva.

O expressionismo é um movimento artístico que procura a expressão dos sentimentos e das emoções do autor, não tanto a representação objetiva da realidade. Este movimento revela o lado pessimista da vida, desencadeado pelas circunstâncias históricas de determinado momento. A face oculta da modernização, o isolamento, a alienação, a massificação se fizeram presentes nas grandes cidades e os artistas acharam que deveriam captar os sentimentos mais profundos do ser humano, assim, o principal motor deste movimento é a angústia existencial.

O maior objetivo é potencializar o impacto emocional do expectador exagerando e distorcendo os temas. As emoções são representadas sem existir um comprometimento com a realidade externa, mas com a natureza interna e as impressões causadas no expectador. A força psicológica está representada através de cores fortes e puras, nas formas retorcidas e na composição agressiva. Desta forma, nem a perspectiva nem a luz importam muito, visto que são propositalmente alteradas. Este movimento artístico surge num período entre-guerras, todo o horror e o desespero sentido pelos acontecimentos da guerra e pelo sentimento da iminência de uma nova situação belicosa, foram colocados nas obras de arte.

Esse movimento é potencialmente a representação dos sentimentos/impressões/desejos entre outras características, dos artistas da época, sobre a realidade que eles tinham ao seu redor. É a principal característica, representar através da expressão dos sentimentos suas criações. Esse movimento surge em oposição ao Impressionismo, pois ressalta a subjetividade das criações. Nada é óbvio, tudo precisa de uma interpretação para ser “entendido”.

Neste movimento, a intenção do artista é de recriar o mundo e não apenas a de absorvê- lo da mesma forma que é visto. Aqui ele se opõe à objetividade da imagem, destacando, em contrapartida, o subjetivismo da expressão. Seu marco ocorreu na Alemanha, onde atingiu vários pintores num momento em que o país atravessava um momento de guerra.

As obras de arte expressionistas mostram o estado psicológico e as denúncias sociais de uma sociedade que se considerava doente e na carência de um mundo melhor. Pode-se dizer que o Expressionismo foi mais que uma forma de expressão, ele foi uma atitude em prol dos valores humanos num momento em que politicamente isto era o que menos interessava.

DANÇA – Mary Wigman foi um grande nome da dança expressionista, porém não foi o único. Ela buscava um uso mais dramático do gesto, tentando expressar com seus movimentos uma narrativa construída para comunicar-se com sua plateia. Wigman não se limitou a propagar modelos apreendidos, para ela era necessário construir uma nova arte, então desenvolveu sua própria dança que ficou conhecida como Ausdrucktanz (literalmente, a dança da expressão). Em suas criações ela relacionava-se com a música de forma a criar uma relação de diálogo com a música, ou seja, para ela a coreografia e a música deveriam ser criados ao mesmo tempo.

CINEMA – Com poucos recursos tecnológicos, se compararmos a atualidade, e com muita imaginação surgiu o cinema expressionista. Assim como nas outras formas de linguagem envolvidas no movimento, o cinema também usava o exagero do sentimento para criar as suas narrativas, para contar as suas histórias. Nesta época a maioria das obras cinematográficas era muda e por isso usavam o recurso de ter algo que tinha a função de uma legenda, contextualizando os acontecimentos para o espectador. Um dos maiores representantes dessa época é o filme Nosferatu, uma sinfonia de horrores, de Friederich Murnau. Mas não podemos deixar de nominar: Fausto, Metrópolis e O Vampiro de Dusseldorf.

MÚSICA – A música expressionista caracteriza-se pela emotividade intensa, dissonâncias extremas, melodias ásperas e angulosas, podendo ser atonal, dodecafônica e/ou serial. Assim como nas outras manifestações artísticas expressionistas, o compositor deposita em sua música seus sentimentos mais profundos, extremos e desesperados, dando à obra um caráter exagerado e soturno. Arnold Schoenberg, Alban Berg e Anton Webern,formadores da “ Segunda Escola de Viena” são os três principais compositores expressionistas, sendo o primeiro o criador do estilo, e os outros dois seus discípulos de maior renome. Atonalidade é a total ausência de uma nota central, esta ausência pode nos causar certo sentimento de confusão e de aleatoriedade nas primeiras audições de músicas atonais. Isso acontece porque temos a tendência de procurar na música dentro do sistema modal e tonal. Da ausência de uma nota central, também segue a ausência de tonalidade e modos, ou seja, na música atonal não existe algo como um acorde maior ou menor, e tampouco escalas ou modos como dórico, frígio etc. A música atonal é considerada por alguns críticos como o tonalismo levado ao extremo. O certo é que a música atonal trouxe para a música uma “liberdade” jamais experienciada antes.

ARTES VISUAIS – O principal precursor deste movimento foi o pintor holandês Vincent Van Gogh, que, com seu estilo único, já manifestava, através de sua arte, os primeiros sinais do expressionismo. Ele serviu como fonte de inspiração para os pintores: Érico Heckel, Francisco Marc, Paulo Klee, George Grosz, Max Beckmann, etc. Há ainda muitos outros pintores, entre eles, Pablo Picasso que também foram influenciados por esta manifestação artística. Outro importante pintor expressionista foi o norueguês Edvard Munch, autor da conhecida obra O Grito.

Clique para conhecer:

01. Expressionismo
Autor desconhecido

02. O Expressionismo, a Alemanha e a ‘Arte Degenerada’
João Grinspum Ferraz

A Casa Amarela – Tradução pelo Youtube

Paul Klee – Diário de um artista

Como os artistas vêem – Tradução pelo Youtube

Artistas brasileiros que participaram do movimento.

Lasar Segall

Anita Malfatti

Di Cavalcanti

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que é Expressionismo e qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência do Expressionismo nas artes?

3. Por que o movimento se chama Expressionismo?

4. Quais os principais representantes do movimento Expressionista?

5. Quanto tempo durou o movimento Expressionista?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art