Aula 02 – Art Nouveau

Art Nouveau – A Arte nova (do francês Art nouveau [aR.nu’vo]), foi um estilo estético essencialmente de design e arquitetura que também influenciou o mundo das artes plásticas.

Era relacionado com o movimento arts & crafts e que teve grande destaque durante a Belle époque, nas últimas décadas do século XIX e primeiras décadas do século XX. Relaciona-se especialmente com a 2ª Revolução Industrial em curso na Europa com a exploração de novos materiais (como o ferro e o vidro, principais elementos dos edifícios que passaram a ser construídos segundo a nova estética) e os avanços tecnológicos na área gráfica, como a técnica da litografia colorida que teve grande influência nos cartazes.

Devido à forte presença do estilo naquele período, este também recebeu o apelido demodern style (do inglês, estilo moderno).

Clique para conhecer:

01. Artigo – Art Noveau
Prof. Moisaniel

02. Artigo – Art Déco e Art Noveau – Confluências
Rodrigo Fernandes Pissetti
Carla Farias Souza

03. http://artnouveau2a.blogspot.com.br

Alphonse Mucha

Émile Gallé

Louis Comfort Tiffany

Gustav Klimt

Charles Rennie Mackintosh

René Lalique

Antoni Gaudí

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que é a Art Nouveau, qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência do Art Nouveau nas artes gráficas?

3. Por que o movimento se chama Art Nouveau?

4. Quais os principais representantes do movimento Art Nouveau?

5. Quanto tempo durou o movimento Art Nouveau?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art

 


Curso de Desenho Arquitetônico

O Curso de desenho técnico é desenvolvido para que o aluno possa fazer a leitura, compreensão de plantas, cortes, elevações e desenhos técnicos, realizando desenhos técnicos e aprendendo conceitos e fundamentos envolvidos nos processos de leitura e interpretação.

Este curso também visa preparar os alunos que não possuem conhecimento prévio em desenho técnico e, posteriormente, pretendem aprender AutoCAD, Revit e Sketch UP.

O Curso esta dividido em 2 Módulos com inscrições separadas.

desenho

MÓDULO 1  – Horário das 08h30 as 17h30

  • Introdução a pranchas arquitetônicas (NBR10068/87 Tipos de folhas, NBR8403/84 dimensões, NBR10582 conteúdo, e NBR13142 dobramento);
  • Introdução a Planta baixa (representação gráfica, NBR6492/94, tipos e espessuras de linhas, caligrafia técnica, representações e simbologias, hachuras, Escalas);
  • Inicio planta baixa;
  • Introdução a Planta de Telhado (entendimento e detalhamento).

corte

MÓDULO 2  – Horário das 08h30 as 17h30 

  • Introdução ao Corte Longitudinal e transversal (entendimento e detalhamento);
  • Introdução a fachadas (entendimento e detalhamento);
  • Introdução escadas, Lei de Blondel (entendimento e detalhamento).

Inscrições  em Mogi das Cruzes

Rua Boa Vista,  84  e 108,  Centro.

Preços diferenciados com descontos

 


certificadoProfessor
Lucas Fonseca

Curso com Certificado


MATERIAIS NECESSÁRIOS

Folhas de papeis A3 – Manteiga;
Borracha macia;
Lapiseiras  grafite h, hb – 0,5 e 0, 7
Fita adesiva (durex);
Esquadros  45°, 30° e 60°;
Compasso;
Escalímetro triangular (1/100, 1/50, 1/20).


INFORMAÇÕES

**Caso não atinja o número mínimo de alunos, a data poderá ser alterada.


ENTRE EM CONTATO

Rua Boa Vista, 108 – Centro – Mogi das Cruzes – São Paulo
Telefones
(11) 2819 3776
(11) 4726 1336
(11) 9 7371-0471 – Whatsapp
Email: cda@colegiodearquitetos.com.br

Aula 10 – Pop Art

Pop Art – Movimento principalmente americano e britânico, sua denominação foi empregada pela primeira vez em 1954, pelo crítico inglês Lawrence Alloway, para designar os produtos da cultura popular da civilização ocidental, sobretudo os que eram provenientes dos Estados Unidos. Com raízes no dadaísmo de Marcel Duchamp, o pop art começou a tomar forma no final da década de 1950, quando alguns artistas, após estudar os símbolos e produtos do mundo da propaganda nos Estados Unidos, passaram a transformá-los em tema de suas obras.

Clique para conhecer:

01. Pop Art 01

02. Pop Art 02

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que é Pop Art, qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência do Pop Art nas artes?

3. Por que o movimento se chama Pop Art?

4. Quais os principais representantes do Pop Art?

5. Quanto tempo durou o Pop Art?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art

 

Museus de Arte pelo Mundo

Clique aqui para conhecer.

Aula 09 – Arte Fantástica

Arte Fantástica – A Arte fantástica é um gênero de arte não muito bem definido. Acredita-se que o primeiro artista “fantástico” tenha sido Hieronymus Bosch. Outros artistas que foram definidos como fantásticos são Brueghel, Giuseppe Arcimboldo, Matthias Grünewald, Hans Baldung Grien, Francisco de Goya, Gustave Moreau, Henry Fuseli, Odilon Redon, Max Klinger, Arnold Böcklin, William Blake, Gustave Doré, Giovanni Battista Piranesi e Salvador Dalí.

Clique para conhecer:

01. Ismael Nery

02. Rodolfo José Rocha Rachid

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que é Arte Fantástica, qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência da Arte Fantástica nas artes?

3. Por que o movimento se chama Arte Fantástica?

4. Quais os principais representantes da Arte Fantástica?

5. Quanto tempo durou a Arte Fantástica?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art


Museus de Arte pelo Mundo

Clique aqui para conhecer.

Aula 01 – Fauvismo

Fauvismo – (do francês les fauves, ‘as feras’, como foram chamados os pintores não seguidores do cânone impressionista, vigente na época) é uma corrente artística do início do século XX, que se desenvolveu, sobretudo entre 1905 e 1907.

Entre 1901 e 1906, houve em Paris várias exposições abrangentes que, pela primeira vez, tornavam bastante visíveis obras de Van Gogh, Gauguin e Cézanne. Para os pintores que viram as realizações desses grandes artistas, o efeito foi uma libertação, e eles começaram a fazer experiências com estilos novos e radicais. O fauvismo foi o primeiro movimento  desse período Moderno, no qual a cor reinou suprema.

O fauvismo foi um fenômeno de vida curta, durando apenas pelo tempo em que seu iniciador, Henri Matisse(1869–1954), lutou para encontrar a liberdade artística que precisava. Matisse teve de fazer a cor servir sua arte, tal como Gauguin precisara pintar as areias de rosa para expressar uma emoção.

Os fauvistas acreditavam inteiramente na cor como força emocional. Com Matisse e seus amigos: Vlaminck e Derain, a cor perde suas qualidades criativas e torna-se luminosa, criando a luz em vez de imitá-la.

Esses pintores passaram no Salond’Automme (SalãodeOutono) de 1905; após ter visto suas audaciosas telas a rodear a escultura convencional de um menino, o crítico LouisVauxcelles observou que aquilo fazia lembrar um Donatello “parmi lês fauves” (“entre as feras”).

Clique para conhecer:

  1. Fauvismo;
  2. Fauvismo EF e EM.

Matisse

Maurice de Vlaminck

André Derain

Raoul Dufy

Músicas da década de 10

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. Quais as principais características do movimento Fauvista?

2. Qual foi a influência do Impressionismo no Fauvismo?

3. Por que o movimento se chama Fauvismo?

4. Quais os principais representantes do movimento Fauvista?

5. Quanto tempo durou o movimento Fauvista?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art

 

História da Arte do Século XX

Seja bem vindo ao nosso Curso de História da Arte do Século XX.

Nos próximos meses apresentaremos um conjunto de informações sobre os movimentos artísticos que ocorreram no Século XX, para que possamos ter um melhor entendimento sobre a Arquitetura Contemporânea do Século XXI.

Apresentamos os movimentos artísticos, onde o aluno de posse do conteúdo apresentado e de pesquisas concluirá respondendo a um questionário sobre o movimento.

Entenda um pouco o Século XX. A seguir apresentamos um conjunto de documentários para que possamos contextualizar os movimentos artísticos com as ocorrências do período.

Disponibilizaremos 02 movimentos por semana.

Clique no movimento abaixo para os estudos:

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art

 

 

Aula 18 – Vanguarda Russa

Vanguarda Russa – A vanguarda russa é um termo comumente utilizado para se referir a uma série de movimentos artísticos e culturais que ocorreram na Rússia, aproximadamente entre as décadas de 1890 e 1930, especialmente durante a primeira fase da Revolução Russa.

Clique aqui para conhecer:

01. Arte e Revolução

02. Cinema e a arte Russa

03. Vanguarda Russa e Modernismo brasileiro

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que é a Vanguarda Russa, qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência do Vanguarda Russa, nas artes?

3. Por que o movimento se chama Vanguarda Russa?

4. Quais os principais representantes do movimento Vanguarda Russa?

5. Quanto tempo durou o movimento Vanguarda Russa?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art

 

Museus de Arte pelo Mundo

Clique aqui para conhecer.

Aula 17 – Vanguardas Européias

Vanguardas Européias – As vanguardas européias são os movimentos culturais que começaram na Europa no início do século XX, os quais iniciaram um tempo de ruptura com as estéticas precedentes, como o Simbolismo.

Clique para conhecer:

01. Arte Moderna

02. Vanguardas Européias

03.  Correspondências entre Mário de Andrade e Manuel Bandeira

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que são as Vanguardas Européias, qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência das Vanguardas Européias nas artes gráficas?

3. Por que o movimento se chama Vanguardas Européias?

4. Quais os principais representantes do movimento Vanguardas Européias?

5. Quanto tempo durou o movimento Vanguardas Européias?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art

 

Museus de Arte pelo Mundo

Clique aqui para conhecer.

Museu do Corpo Humano

01-hum-image-by-big-mir-01_original

Museu do Corpo Humano

 

Ficha Técnica

Arquitetura: BIG

Líder do Projeto: Gabrielle Nadeau

Coordenador do Projeto: Jakob Sand

Cliente: Ville de Montpellier

Arquiteto Local: A+ Architecture

Engenharia Estrutural + MEP: Egis Bâtiment Méditerranée

Paisagismo: Base

Consultor de Finanças: L’Echo

Consultor de Sustentabilidade: Celsius Environnement

Consultoria Acústica: Cabinet Conseil Vincent Hedon

Área: 7800.0 m²

Ano: 2018

14-hum-image-by-big-mir-10_original

Resumo

Museu do Corpo Humano

BIG foi anunciado como o vencedor do concurso internacional para a nova Cité du Corps Humain (Museu do Corpo Humano) em Montpellier.

Radicado na longa história médica da cidade, com a escola de medicina de renome mundial, que data do século X, o museu de 7800 m² busca “explorar o corpo humano a partir de um enfoque artístico, científico e social através de atividades culturais, exposições interativas, performances e oficinas”.

Seu projeto, guiado por oito formas ondulantes que “se costuram” para criar um espaço contínuo subjacente, serviram como mediador entre a natureza e a cidade, o Parque Charpak e a prefeitura da cidade de Montpellier. As impressionantes vistas, acesso de luz do dia e conexões internas serão reveladas pelo volume inconstante do museu.

15-hum-image-by-big-mir-11_original

“Como a mescla de duas substâncias incompatíveis – aceite e vinagre – o pavimento urbano e a grama do parque fluem juntos se abraçando mutuamente, formando bolsões em terraços com vistas para o parque, elevando ilhas de natureza acima da cidade. Uma série de pavilhões aparentemente singulares se costuram entre si para formar uma instituição unificada – como dedos individuais unidos em uma aderência mútua”, explica Bjarke Ingels.

A cobertura do museu funciona como um jardim ergonômico – uma paisagem vegetal e mineral dinâmica que permite aos visitantes explorar e expressar seus corpos de diversas formas – desde a contemplação à atuação, do relaxamento ao exercício.

As fachadas do Museu do Corpo Humano são transparentes, o que maximiza a conexão visual e física com o entorno. Na fachada sinuosa que oscila entre o Norte e Sul, Leste e Oeste, a orientação da gelosia varia constantemente, protegendo da luz solar enquanto se assemelha a padrões de uma impressão digital humana.

O júri, encabeçado pela prefeita da cidade, Sra. Hélène Mandroux, escolheu o BIG entre outras cinco equipes internacionais, pré-selecionadas, e elogiou o desenho do escritório por sua combinação de qualidades inovadoras, meio-ambientais e funcionais. O novo museu contribuirá ao rico patrimônio científico e cultural de Montpellier, que atrai a turistas, famílias, grupos de escolas, acadêmicos e amantes da arte.


Esse foi mais um dos Projetos apresentados no ALAC – Atelier Livre de Arquitetura Contemporânea. Um Curso gratuito que sempre está com inscrições abertas para estudantes e profissionais que buscam se atualizar.

Conheça: http://www.colegiodearquitetos.com.br/atelier-livre-de-arquitetura-contemporanea/

 

Aula 08 – Expressionismo Abstrato

Expressionismo Abstrato – Expressionismo abstrato foi um movimento artístico com origem nos Estados Unidos da América, muito popular no pós-guerra. Ele foi o primeiro movimento especificamente americano a atingir influência mundial e também o que colocou Nova Iorque no centro do mundo artístico (posição previamente exercida por Paris, na França).O movimento ganhou este nome por combinar a intensidade emocional do expressionismo alemão com a estética afigurativa das Escolas abstratas da Europa, como o Futurismo, o Bauhaus e o Cubismo Sintético. O termo foi usado pela primeira vez para designar o movimento americano em 1946 pelo crítico Robert Coates. Os pintores mais conhecidos do expressionismo abstrato são Arshile Gorky, Jackson Pollock, Philip Guston, Willem de Kooning, Clyfford Still e Wassily Kandinsky.

Clique para conhecer:

01. Encontros

02. Expressionismo Abtrato

Nome Completo

Número da matrícula

E-mail

1. O que é o Expressionismo Abstrato, qual sua origem e representações?

2. Qual é a influência do Expressionismo Abstrato nas artes?

3. Por que o movimento se chama Expressionismo Abstrato?

4. Quais os principais representantes do Expressionismo Abstrato?

5. Quanto tempo durou o Expressionismo Abstrato?

concordo com as respostas

captcha

Fauvismo Art Nouveau
Expressionismo Cubismo
Surrealismo Dadaísmo
Futurismo Expressionismo Abstrato
Arte Fantástica Pop Art
Minimalismo Modernismo
Construtivismo Neoplasticismo
Suprematismo Abstracionismo
Vanguardas Européias Vanguarda Russa
Vanguarda Negativa Arte Conceitual
Performance Body Art


Museus de Arte pelo Mundo

Clique aqui para conhecer.